Kit Para Fazer Esmaltes Com Glitter – Faça Você Mesmo

Sempre curti fazer misturinhas. Especialmente para a sister que é alérgica. Quando os esmaltes Colorama e Ludurana deixaram de ter tolueno fiz várias cores “exclusivas” ou  cores iguais ao dos esmaltes que não eram 3Big Free para que ela pudesse usar. Também fiz “gêmeos” de esmaltes importados que ela não tinha. Assim como já fiz misturinhas que postei “com receita” aqui no Esmalte Sempre.

Com a atual febre de esmalte artesanal – indie polish – se espalhando pela net acabei adaptando algumas coisas do dia a dia para ajudar na “fabricação” quando uso glitter. Faço os bonitinhos em pouca quantidade então o que facilita colocar o glitter (4) dentro do vidrinho de esmaltes são os funis. Fiz os meus usando esses dosadores (1) das ampolas para cabelos (2).

Kit-Caseiro-Para-Fazer-Esmaltes-Com-Glitter-A SAM_0177

Para adaptar o dosador ao formato de funil basta cortar a ponta com

um estilete – bem afiado – para ficar maior o espaço por onde passa o glitter. O corte deve ser na diagonal de preferência. Cortando reto é mais fácil “entupir”. Na foto abaixo o dosador inteiro (A), o dosador cortado na diagonal (B) e a ponta que foi cortada (C).

Kit-Caseiro-Para-Fazer-Esmaltes-Com-Glitter-B SAM_0216-2

A mini colher (3) vem com o  vidro do Creme Língua de Gato Kopenhagen. (hummm… “diliça” esse chocolate). A mini micro colher ajuda a pegar o glitter sem espalhar tudo. *Uma colher para cafezinho bem pequena também serve.

Day 97 - 365 A

Na falta do funil acho mais fácil colocar o glitter com a ajuda da colher dentro do vidrinho da ampola para os cabelos. A boca é um pouco mais larga do que a dos vidrinhos de esmaltes. Sempre com cuidado e paciência para não espalhar tudo. Mas basta forrar com uma folha de papel branco o local onde faço  misturinhas. Caiu fora do vidrinho? Não suja nada e às vezes dá até para jogar de volta dentro do potinho. O melhor vidrinho para misturar é o de tampinha preta – primeira foto. Ele é lisinho, sem “dobras” então facilita na hora de passar a misturinha para o vidrinho de esmaltes.

O vidro do esmalte tem a boca menor do que a ampola. O funil adaptado que está na foto cabe em qualquer vidro de esmalte. Mas é mais difícil passar por ele os glitters maiores. O dosador com o outro formato – que na foto ainda não está cortado – é melhor para passar qualquer tamanho de glitter mas só encaixa com perfeição no vidro da ampola. **Fotografei o vidrinho com o pior formato pois era o que estava vazio. O melhor ainda estava com queratina para os cabelos dentro. Esse da foto abaixo acumula esmalte no fundo e desperdiça mais do que o todo reto.

Kit-Caseiro-Para-Fazer-Esmaltes-Com-Glitters-C SAM_0220

A colher é mesmo “micro mini colher” né? Perto do vidro de esmalte é muito miudinha. Só lembrando que é mais fácil colocar o esmalte que será a base da misturinha sem passá-lo pelo funil para não grudar os glitters. Uso os funis somente para o glitter e não para colocar o esmalte. O esmalte passo de um vidro para o outro direto dos vidrinhos deles. O vidro da ampola uso somente para misturar o glitter com o esmalte de base. Depois de pronta a misturinha coloco em um vidro de esmalte vazio e limpo o vidro  – ampola – com acetona para fazer nova misturinha.

Quem quer fazer esmaltes em grande quantidade não precisa de nada disso. Basta um pote plástico com o bico fino igual aos de tintura de cabelos e está tudo mais fácil. A boca desse pote é maior o que facilita tudo. Foi “muita informação” de um só vez? Qualquer dúvida basta perguntar. Ufa… Fim… Post grandão, né? O.o

Quer mais dicas sobre como fazer misturinhas de esmaltes? Aqui tem um post sobre isso. É a misturinha hipoalergênica do Riva Chanel 

 

Anúncios

10 Comentários (+adicionar seu?)

  1. lucianaalbernoz
    abr 09, 2013 @ 20:41:51

    Adorei a aula Lizzie, quando tiver algum prontinho mostra pra gente 🙂

    Responder

  2. Eda Puertas
    abr 10, 2013 @ 19:09:22

    Só vc mesma para explicar direitinho como lidar com os glitters. Tanta mesquinharia por aí… O chato é ter de comprar um creme Língua de Gato para ter a colherinha. Que sacrifício, hehehe.
    Excelente post, amiga. Bjs

    Responder

    • esmaltesempre
      abr 11, 2013 @ 02:19:13

      Legal que deu para entender. Ri muito, mas muito mesmo o “sacrifício”. Faz tempo que não vejo colheres de café beeem pequenas. Talvez sirvam também. A do post foi o “click” para o kit. A partir dela “juntei” as outras peças.
      Fiquei achando-o muito cansativo. Mas só explicando em detalhes para não confundir. 😉

      Bjsss.

      Responder

  3. Barbara
    abr 11, 2013 @ 00:00:09

    Adorei o post bem didático e explicativo 😉 !!!!! Beijos

    Responder

  4. monagoulart
    abr 13, 2013 @ 21:01:11

    oi adorei as dicas , já estou seguindo !não tem dois anos só 3 meses rsrrs
    http://unhaselegantes.wordpress.com/
    ha quem sabe uma parceria ?

    Responder

  5. betarezende
    abr 15, 2013 @ 13:52:16

    Adorei as dicas!
    Eu costumo fazer misturinha direto nos vidrinhos de esmalte, mas tô achando que é mais fácil como você faz. hehehe
    Eu nunca mais fiz misturinha porque meu tempo tá bem apertado. Tô com vários vidrinhos para limpar esperando uma folga.
    Beijão.

    Responder

    • esmaltesempre
      abr 15, 2013 @ 14:30:51

      De vez em quando umas “batidinhas” suaves ajudam os glitters “teimosos” a saírem do caminho. Sempre fiz misturando esmaltes que já tinham glitter. Estou com vidrinhos limpos mas também não consegui tempo para terminar as misturinhas que comecei. O.O

      Bjsss.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivos