Narciso Poudrée Narciso Rodriguez – Sexta Perfumada #62

Gentchi… Para tudooo!!! Que perfume é esse? ❤ ❤ ❤ Esperei muito por ele. Testei muitos meses antes de viajar e fiquei apaixonada. Mas o “precinho” é proibitivo no Brasil. Tanto que quase não se encontra com 90ml.

narciso-rodriguez-poudrée-eau-de-parfum SAM_0798

Acho que a melhor definição para esse perfume é “macio”. Um cheiro talcado muito sofisticado. Sinto o jasmim e a rosa delicadamente combinados com a flor de laranjeira. Estão em perfeito equilíbrio, sem que a flor de laranjeira domine as outras flores. É uma flor de laranjeira muito bem trabalhada. Assim como o almíscar que não “grita”, apenas “sustenta” as flores. No fundo percebo, muito sutilmente, o cedro. Mas tão delicado que não “domina” o perfume. E o patchouli não é “um tapa na cara” como é no Angel Mugler. Ele foi incrivelmente “domado” e  harmoniza com as demais notas. Esse perfume foi desenvolvido com um equilíbrio que me encanta. É floral, doce e talcado, mas não tem nada de gourmand. Nada de caramelo, pralinê ou baunilha. Incrivelmente não tem Íris, flor que passa a ideia de “talco” nos perfumes. Não fosse o preço no Brasil teria sempre na coleção.

Gentchi… Quando me perguntam “Que perfume é esse?” sempre respondo: “Cheiro de quem tem muitos 0000000 na conta bancária.” Kkk Quando uso o Narciso Poudrée Eau de Parfum me sinto segura, “plena”, feliz… nada me abala. É uma sensação maravilhosa. Em qualquer ocasião tenho certeza que acertei pois recebo muitos elogios. E estou tão apaixonada por ele que se não usei naquele dia “sinto saudade” e dou uma cafungada no frasco. #mejulguem Paixão, né? Não ficou junto um dia tem que colar no amado quando encontra. Kkk Uma borrifada atrás de cada orelha fica perfeito para o dia. À noite vale acrescentar uma borrifada na dobra de cada braço para intensificar essa riqueza.

Avaliação:

Embalagem: 6 – embalagem de papelão salmão. Discreta mas com certa sofisticação. Combina com a delicadeza do perfume;

Frasco:  7 – frasco de vidro quadrado salmão com linhas retas. A tampa quadrada também salmão tem o nome da grife em baixo relevo. No frasco está escrito o nome do perfume em preto;

Fixação: 8 – dura por oito horas na pele ou até mais dependendo da temperatura do dia;

Válvula spray: 8 – distribui de forma leve e homogênea o perfume;

Projeção: 5 – moderada. As pessoas ao redor sentem mas não exageradamente o cheiro talcado;

Silagem: 6 – média. Deixa um rastro contido de flores talcadas. Não sufoca quem está próximo mas também não passa despercebido;

Segundo o site Fragrantica a pirâmide olfativa é

Notas de Saída:  Rosa Búlgara, Jasmim e Flor de Laranjeira;

Notas de coração:  Almíscar;

Notas de fundo: Vetiver, Cedro, Cumarina e Patchouli ou Oriza.

Perfume do dia: Narciso Poudrée Eau de Parfum Narciso Rodriguez

*Atualizei alguns posts. Mudei a avaliação das válvulas que funcionam corretamente. Antes era 8 e agora caiu para 6. Em alguns perfumes a válvula é acima da média. Algumas liberam um spray delicado, outras uma névoa, outras uma maior quantidade de perfume sem que escorra na pele. Então diminuí a nota para ter margem de classificação dessas diferenças.

Anúncios

Body Splash Coconut Passion Victoria’s Secret–Sexta Perfumada #61

Essa cocadinha fica bem melhor nos dias frescos. Sim, para mim é uma cocada: côco e baunilha juntinhos, do começo ao fim. Formiguinhas, se joguem sem medo. No calor desanda, mas às vezes não resisto e dou uma borrifada nos pulsos depois do banho. Não pode “pesar o dedo” no borrifador pois sufoca quem está ao redor. Nem todo mundo é formiguinha, né?

body-splash-coconut-passion-victorias-secret-resenha SAM_0741-001A

Avaliação:

Embalagem: Não tem embalagem de papelão;

Frasco:  6 – frasco de plástico transparente com tampa dourada. Na tampa, ao redor, tem escrito o nome da marca em dourado sobre fundo preto. No topo, na parte dourada, também está o nome da marca;

Válvula spray: 6 – não teve problemas até agora;

Fixação: 7 – dura por seis horas na pele em temperatura fresca;

Projeção: 6 – nas primeiras duas horas projeta bem. Depois fica mais suave;

Silagem: 6 – média. Percebido à distância por duas horas. Depois só por quem nos abraçar.

Não há pirâmide olfativa no site Fragrantica. Somente a descrição das notas: Baunilha, Lírio-do-Vale, Côco, Camomila e Babosa.

Perfume do dia: Coconut Passion Victoria’s Secret.

Loção Desodorante Vasenol Repairing Pele Extrasseca–Sexta Perfumada #60

Não Gentchi… Não tem nada errado com o post… É sim uma loção hidratante, mas o fabricante diz no rótulo que é “loção desodorante”, mesmo sendo sem fragrância. E mesmo sendo sem fragrância está na coluna Sexta Perfumada pois é perfeito para usar com perfumes, já que “não briga” com o cheiro deles.

loçao-hidratante-desodorante-vasenol-repairing SAM_6885

É indicado para pele extrasseca. A sensação de alívio quando a pele está muito ressecada é excelente. A absorção não é imediata mas a pele não fica peguenta. A hidratação é prolonganda, chegando a 24 horas. Quando não está um clima muito seco dá até para usar dia sim dia não que a pele continua hidratada. Nos dias secos ou frios uso de manhã e à noite, após o banho. Também gosto de usar nos pés antes de dormir. Quanto a ser sem fragrância… Não tem perfume mas tem cheiro, muito… muito… discreto de “química”. Mas só consigo sentir no frasco. Na pele realmente não tem cheiro algum.

Donna Fiorucci – Sexta Perfumada #59

Acho muito interessante como a combinação de notas iguais dá origem a perfumes diferentes. Para mim o Donna é um rico jardim onde estão flor de laranjeira, meu amado jasmim e néroli. Esse jardim de flores brancas tem como base uma delicada baunilha. Não conheço o Gabriela Sabatini, perfume que serviu de inspiração para o Donna. Para o meu nariz seria um Poême Lancôme menos complexo. Uma “surra” de flores mais simples, mas igualmente apaixonante. Mesmo não tendo aldeídos sinto o cheiro. É um perfume para quem gosta de florais intensos e com um pezinho lá nos florais dos anos 80. Zero açúcar, nada a ver com formiguinhas.

perfume-donna-fiorucci-sexta-perfumada-59 SAM_6567

Avaliação:

Embalagem: 6 – embalagem de papelão roxa com detalhes na lateral em rosa e prata.

Frasco:  5 – frasco de vidro transparente com linhas simples. A tampa de plástico pink combina com o lilás do líquido. O meu é na versão 50ml, ideal para carregar na bolsa.

Válvula spray:   6 – não teve problemas até agora;

Fixação: 7 – dura por seis horas na pele. Se borrifado à noite, ao acordar ainda é possível sentir o perfume maravilhoso na fronha;

Projeção: 8 – o cheiro de flores brancas com baunilha é percebido por todos que estão ao redor;

Silagem: 8 – alta. Deixa um rastro de flores brancas com baunilha;

Segundo o site Fragrantica a pirâmide olfativa é:

Notas de Saída:  Tangerina, Néroli e Flor de Laranjeira;

Notas de Coração: são Jasmim e Lírio-do-vale;

Notas de Fundo: Sândalo, Baunilha e Âmbar.

Perfume do dia: Donna Fiorucci

O que é Perfume “Bomba”? – Sexta Perfumada #58

Todo grupo tem lá suas palavras para definir o universo onde está inserido. E no “meio perfumístico” o termo “perfume bomba” aparece com certa frequência. No meu entender  na maioria das vezes é um termo preconceituoso, que define perfumes fortes da década de 80. Seriam perfumes fortes demais e que incomodam todos ao redor.

Para entender a alta projeção e silagem dos perfumes dos anos 1980 é preciso saber que foi uma década de exageros na moda e maquiagem. Muita cor e volume além de tudo junto e misturado. E muitos perfumes são comercializados ainda hoje a partir de marcas ligadas à moda: Dior, Givenchy, Yves Saint Laurent… Logo perfumes dessa década também eram exagerados na projeção e silagem para acompanhar a vibe da moda. Mas não só isso influenciou a criação de “perfumes bomba”. Pensando sobre os hábitos da época “entendi” o porquê de serem tão fortes. Não era proibido fumar nos locais fechados logo para se destacar no meio do cheiro de cigarro um perfume precisaria ser “forte”.

As matérias-primas dos perfumes eram em sua maioria uma combinação de elementos naturais e alguns sintéticos. Isso contribuia para a alta fixação e projeção. Por isso sou apaixonada por perfumes “bomba”. Sinto muito mas discordo que sejam “perfume de velha” – outra definição preconceitusa, como se envelhecer não fosse um processo inevitável, mas sim uma coisa da qual as pessoas deveriam se envergonhar. Também discordo que sejam perfumes “bregas”. O segredo está em saber usar.

Recebo elogios quando uso perfumes bomba. Mas tenho meus segredinhos para o sucesso: sempre em dias frios ou ambiente refrigerado. E nunca mais do que duas borrifadas atrás das orelhas. Pronto… Ninguém morre sufocado ao redor. Se não estiver tão frio uma borrifada na nuca. Perfume bomba não é para ser usado sob sol escaldante. Aí está o primeiro erro. E o segundo é “sentar o dedo no borrifador”. “Menos é mais” cabe perfeitamente com o uso de perfumes. Não seria exclusividade dos perfumes bomba. Qualquer perfume usado com moderação fica elegante. #ficadica

Perfume do dia: Amarige Givenchy, um dos meus perfumes bomba favorito. ❤ Apesar de ser dos anos 1990 ele é um perfume que é comercializado até hoje e tem alta projeção e fixação. A tendência dos anos 1980 continuou pelos anos 1990. Esse está no fim, mas tenho outro que comprei faz pouco tempo. Apesar da cor escurecida do líquido o cheiro está inalterado.

perfume-amarige-frasco-vazio SAM_0652

Entradas Mais Antigas Anteriores

Arquivos