Chaleira Elétrica Simmy Azul Cadence

Encontrei o par perfeito para os meus chás, uma chaleira elétrica. A marca diz que é azul… Vejo e chamo de verde-água. É bem mais prático do que aquecer a água no fogão. Prefiro a jarra de vidro refratário mas a minha quebrou e está difícil encontrar outra. Já explico porquê prefiro a jarra de vidro.

Estou amando a praticidade de poder levar à mesa a chaleira. Na foto ela está sem a base. O uso é bem simples. Basta ligar na tomada, encher com a quantidade que quiser de água – respeitando o limite máximo, encaixar na base, ligar o interruptor – fica na alça da chaleira  – e quando ferver ela desliga sozinha. A luz azul no fundo da chaleira acende quando está ligada, após apertar o interruptor, e apaga quando ferve a água. Mais prático impossível.

jarra-eletrica-simmy-cadence-azul-verde-agua-resenha SAM_0674

Um bom chá tem lá seus truques. Assim como o café, tem que ser feito com a água antes de ferver. Se estiver fervendo ela “cozinha” as folhas ou o pó de café. O ponto ideal é quando começam a aparecer as bolhas na água. E na jarra de vidro é muito fácil acertar o ponto, já que dá para ver. Ainda estou tentando acertar com a chaleira elétrica. A parte que mede a quantidade de água é transparente, mas muito fina. Atrapalha um pouco.

Outro truque que sempre faço, mas esse é para não trincar o fundo das canecas de porcelana. Nunca mais estraguei nenhuma caneca. Coloco um pouquinho de água em temperatura ambiente antes de jogar a água quente. Também é uma forma de não “cozinhar” as folhas do chá com a chaleira. Quando “perco o ponto” e ela ferve a água aumento a quantidade antes de jogar a água fervendo para esfriar a temperatura. 

O Esmalte Sempre voltará na segunda-feira. Estou um pouco triste e preocupada porque estou novamente com infecção na parótida, glândula que fica nas laterais do rosto e pescoço. Quem não acompanhava o blog em 2013 aqui tem o post onde conto tudo. Felizmente dessa vez percebi bem no começo. O inchaço tá bem pequeno assim como a dor. Ontem fui ao dentista e lá mesmo já consegui ser medicada. Estou tomando antibiótico e anti-inflamatório. Dessa vez foi no lado esquerdo do rosto, oposto ao lado da primeira vez. Ruim mesmo é não poder dormir desse lado. Mas acho que domingo já deve ter desinchado e vou poder dormir direito. Bom findi e até segunda Gentchi!

Sem Freio

Nem iria postar aqui pois estou até com vergonha. Mas péra… Vergonha de estar machucada de novo? Pirou Lizzie? Pois é… “Catei” o pufe da sala com o dedinho do pé. E como resultado estou sem por o pé no chão até sábado. Estou de muletas e odeio isso porque “ganho muque”, meus bíceps, com tanto “exercício”, acabam ficando destacados… Enfim… Novamente em contagem regressiva. Tadinho do meu dedo… Está tão roxo que o médico nem pôs a mão. Me mandou direto para o raio-X. Então é isso… Carnaval atrasado na veia… Primeiro Capitã Gancho. Agora Saci Pererê. Kkk Até quinta Gentchi.

Beyoncinha Arregalada2

Na emergência de novo Mammys???

Ainda Não

Então… Ainda não estou 100% da labirintite. Melhorei mas não consigo editar as fotos sem deixá-las tortas. Rsrsrs Por isso o Esmalte Sempre voltará na quinta, combinado?

Beyoncinha-can't-find-my-czechbook-OPI Day 334 - 365 SAM_5386

Foto antiga da Beyoncinha observando o Can’t Find my Czechbook OPI Euro Centrale.

Feriado Olímpico

Como estou sem tempo para postar manis e o sol está fugindo quando quero fotografar comparações resolvi dar um “feriado olímpico” ao blog também. Mas amanhã tem post, combinado?

Tenho acompanhado principalmente os saltos do trampolim e da plataforma, o hipismo, a ginástica e o nado sincronizado. Porque como não posso ver ao vivo nem tem graça ver “jogo requentado”, né? Vcs estão acompanhando alguma modalidade olímpica?

“Mammys já estou de olho na TV.”

beyoncinha-olimpíada SAM_7138

Torcida Animada

Hoje não tem nem esmaltes nem perfumes. Mas tem Olimpíadas Rio 2016. Estou aqui para falar da torcida animada na prova de ontem do salto com vara onde o brasileiro Thiago Braz da Silva ganhou a medalha de ouro. O francês Renaud Lavillenie, favorito mas que ganhou a medalha de prata, fez duras críticas ao comportamento da torcida que o vaiou parte da competição. Pois é… foi na última etapa da competição pois ele parece ter esquecido que enquanto era o favorito a torcida o incentivou. Somente quando a disputa ficou entre ele e o brasileiro houve vaia.

Talvez ele desconheça um dos significados de animada: que tem alma. E o que seria de uma competição sem alma? Sim porque o atleta é o corpo que vence os limites inimagináveis e a torcida é a alma que movimenta – anima – o espetáculo. Já pensaram que triste uma competição sem alma? Uma arquibancada vazia, sem torcida? Somente atletas e juízes nas arenas e estádios? É meu caro francês… somos um país jovem perto do seu e por isso mesmo estamos aprendendo. Mas somos jovens e adultos, não crianças que precisam de um menu sobre como se comportar durante as competições.

Não é bonito vaiar o atleta. Assim como não é bonito empurrar a adversária na hora da chegada da natação como sua conterrânea fez. Não é bonito não cumprimentar o vencedor da prova como você fez. Sabe o que é bonito? Não é reclamar da falta de fairplay da torcida. É ter fairplay  e comemorar a medalha de bronze como se fosse de ouro. É comemorar fazendo aviãozinho com a torcida ainda que a medalha de ouro tenha sido tirada do atleta por um irresponsável como ocorreu na maratona em Atenas/2004. Tá vendo só? Um brasileiro de alma jovem ganhou   – e comemorou com animação – a medalha de bronze ao invés da merecida medalha de ouro e é a representação do espírito olímpico. É meu caro francês… A medalha Pierre de Coubertin – mais um conterrâneo seu – faz companhia à medalha de bronze no peito de Vanderley Cordeiro de Lima. Isso é bonito, não concorda comigo?

Não… Péra… Tem esmalte sim! Essa mani está explicadinha aqui. Até quinta Gentchi!

Unhas Verde e Amarela

Entradas Mais Antigas Anteriores

Arquivos