Mini Hidratantes de Mão O Boticário

Sábado fui comprar um presente no shopping. Ao entrar na loja de O Boticário encontrei o lançamento de um kit para ter sempre por perto o álcool gel ou o hidratante para mãos. São capinhas de silicone com uma alça para prender onde quiser e mini hidratante para mãos e álcool gel para “encaixar” na capinha. A embalagem tem somente 25 ml, metade da embalagem tradicional. A proposta é fazer a combinação que quiser entre capinhas e refis. A partir daqui, lá vem mimimi…

Todas as vendedoras estavam fofocando em um balcão e ninguém veio atender. Quando cheguei perto e peguei para ver uma capinha alguém “fez o favor” de vir atender. Elogiei a ideia e escolhi a capinha Nuvem e o Hidratante Nuvem. Ela respondeu que só tinha o kit Nuvem. Oi? Se escolhi a capinha e o hidratante Nuvem isso não é um kit? Saiu apressada para o estoque. Continuei olhando e vi no anúncio que estava ao lado dos produtos uma capinha lilás – capinha Rosa e Algodão. Não tinha dela na prateleira. Como tenho a Loção Hidratante Corporal Caramelito e gosto do cheiro decidi comprar esse mini hidratante também. Ela voltou com a capinha em uma embalagem e o hidratante solto. Péra… Mas ela não foi buscar um kit? Deveriam estar na mesma embalagem, né? Falei que iria levar também o Caramelito e ela disse que a capinha dele, a roxa, tinha esgotado. Agradeci   e enquanto ela fazia a nota de compra perguntei se tinha amostra do Elysée Nuit. Ela apontou por sobre o ombro com a caneta e disse que quem tinha amostra era a caixa. Acho que por se achar tão importante ela não poderia pegar nem pedir, né? Ela voltou para o balcão da fofoca. Quando encostei no balcão do caixa vi uma capinha roxa – Uhuuu!!! – peguei e disse para a caixa que iria levar com um hidratante Caramelito. A caixa era o oposto, bem simpática. Comentei que tinha sido sorte ter a capinha ali já que a vendedora disse que não tinha. Prontamente ela “voou” por sobre o meu ombro e disse que não… Que tinha dito que o kit Caramelito é que estava esgotado. Já sem paciência nem respondi. Mas pensei: “O kit não é o que estou levando? Capa roxa e Caramelito?” Perguntei sobre a amostra e a caixa prontamente me entregou. Hoje estive em outra loja, onde já conheço as vendedoras, e entendi que a capinha do Caramelito é de glitter dourado e não roxa como ela havia dito. E na prateleira da loja do shopping tinha a capinha de glitter dourado. Enfim… Uma desinformada sortuda por estar empregada em tempos de crise. Trouxe as capinhas e hidratantes que gostei. E a cada dia me convenço que comprar pela web ainda é muito melhor do que ter que lidar com vendedoras estúpidas. #prontofalei

Segunda parte do mimimi… Uma fo-fu-ra esses kits para levar para todo canto. Mas totalmente desproporcional o preço. Embalagem de 50ml: R$22,90. Mini embalagem de 25 ml: R$15,90. Acho que se fosse equivalente seria R$11,45 a de 25 ml, já que tem a metade da outra. Talvez seja o tipo de embalagem que aumentou o preço. #oremos

mini-refil-hidratantes-de-mão-nuvem-caramelito-o-boticario SAM_0659

mini-refil-hidratantes-de-mão-nuvem-caramelito-o-boticario SAM_0660

Foco no post… A capinha tem uma abertura por onde se vê o refil. E na parte oposta fica o desenho em relevo. O refil encaixa pela parte de baixo da capinha. Fofurice grau 10. Lá vou eu juntar tralha… Pensando em “abastecer” o refil com outros hidratantes assim que acabar. Ou nem vou juntar, né? Estarei na verdade reciclando o refil. Vou garantir mais dois agora que estão na promoção de lançamento, R$12,90. As capinhas também estão na promoção, R$11,90. Quem quiser ver os outros modelos de capinhas tem lá no site de O Boticário.

Até quinta Gentchi!

 

Esmalte #tirandoonda e #mepoupe Ludurana Emojis

Essa combinação achei que ficou bem “cara de inverno”. Cores sóbrias e elegantes que  vão bem até em ocasiões formais. A esmaltação foi simples pois os dois são bem pigmentados. Duas camadas de cada cor sobre um camada da Base Niveladora Impala. Sem top coat. Vou tentar me organizar para usar as cores  “de inverno”. A exceção serão os magentas que não podem esperar na fila porque desbotam.

esmalte-me-poupe-tirando-onda-ludurana-emojis SAM_0386

 

Esmalte Sempre – Pés e Mãos #58

Repeti o Mergulho Noturno Colorama nos pés. A primeira combinação está aqui. Dessa vez combinei com o “greenery” Rich Green Jordana. A esmaltação foi facinha com duas camadas sobre uma camada da Base Reestruturadora Risqué Technology. Nem precisei usar top coat. Depois da topada coloquei um verde para “dar esperança” ao pé que não vai acontecer mais nada de mal com ele. Hihihi As esmaltações com o Rich Green estão aqui e aqui.

esmalte-rich-green-jordana-mergulho-noturno-pe-feminino 58DSC_0246

Bom findi e até segunda Gentchi.

O que é Perfume “Bomba”? – Sexta Perfumada #58

Todo grupo tem lá suas palavras para definir o universo onde está inserido. E no “meio perfumístico” o termo “perfume bomba” aparece com certa frequência. No meu entender  na maioria das vezes é um termo preconceituoso, que define perfumes fortes da década de 80. Seriam perfumes fortes demais e que incomodam todos ao redor.

Para entender a alta projeção e silagem dos perfumes dos anos 1980 é preciso saber que foi uma década de exageros na moda e maquiagem. Muita cor e volume além de tudo junto e misturado. E muitos perfumes são comercializados ainda hoje a partir de marcas ligadas à moda: Dior, Givenchy, Yves Saint Laurent… Logo perfumes dessa década também eram exagerados na projeção e silagem para acompanhar a vibe da moda. Mas não só isso influenciou a criação de “perfumes bomba”. Pensando sobre os hábitos da época “entendi” o porquê de serem tão fortes. Não era proibido fumar nos locais fechados logo para se destacar no meio do cheiro de cigarro um perfume precisaria ser “forte”.

As matérias-primas dos perfumes eram em sua maioria uma combinação de elementos naturais e alguns sintéticos. Isso contribuia para a alta fixação e projeção. Por isso sou apaixonada por perfumes “bomba”. Sinto muito mas discordo que sejam “perfume de velha” – outra definição preconceitusa, como se envelhecer não fosse um processo inevitável, mas sim uma coisa da qual as pessoas deveriam se envergonhar. Também discordo que sejam perfumes “bregas”. O segredo está em saber usar.

Recebo elogios quando uso perfumes bomba. Mas tenho meus segredinhos para o sucesso: sempre em dias frios ou ambiente refrigerado. E nunca mais do que duas borrifadas atrás das orelhas. Pronto… Ninguém morre sufocado ao redor. Se não estiver tão frio uma borrifada na nuca. Perfume bomba não é para ser usado sob sol escaldante. Aí está o primeiro erro. E o segundo é “sentar o dedo no borrifador”. “Menos é mais” cabe perfeitamente com o uso de perfumes. Não seria exclusividade dos perfumes bomba. Qualquer perfume usado com moderação fica elegante. #ficadica

Perfume do dia: Amarige Givenchy, um dos meus perfumes bomba favorito. ❤ Apesar de ser dos anos 1990 ele é um perfume que é comercializado até hoje e tem alta projeção e fixação. A tendência dos anos 1980 continuou pelos anos 1990. Esse está no fim, mas tenho outro que comprei faz pouco tempo. Apesar da cor escurecida do líquido o cheiro está inalterado.

perfume-amarige-frasco-vazio SAM_0652

Esmalte Baba de Unicórnio Dailus

Esse é um magenta lindo, sem dúvida. Só que esperava mais “neonsidade” dele. Faz sucesso por onde passa. Uma surpresa foi descobrir que seca quase fosco. Não ficou com acabamento “ensebado”, o que é um ponto positivo. Mas precisei de três camadas, o que já não é tão legal. Com duas as pontas brancas “daszunhas” ficaram aparecendo. A foto fiz sob luz natural e está bem fiel ao tom ao vivo.

baba-de-unicornio-dailus-atras-do-arco-iris SAM_0646

 

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes

Arquivos